05/04/2017 - 19h14min
Notícias | Geral

Aluna de ADM é semifinalista do Desafio Universitário Empreendedor

Dierdre Gama foi um dos destaques do desafio promovido pelo Sebrae

Aluna de ADM é semifinalista do Desafio Universitário Empreendedor

O curso de Administração da UNDB desponta, mais uma vez, com excelentes resultados no cenário nacional. A aluna Dierdre Gama foi uma das semifinalistas da última edição do Desafio Universitário Empreendedor, promovido pelo Sebrae – uma capacitação que objetiva desenvolver atitudes empreendedoras e tornar os alunos mais preparados para os desafios do mercado, por meio do aprimoramento e desenvolvimento de habilidades corporativas.

No Desafio, os estudantes colocam à prova sua habilidade em gerir negócios, participando das atividades virtuais e presenciais que difundem conceitos de gestão, mercado, inovação e empreendedorismo.

As inscrições para o desafio deste ano estão abertas, os alunos interessados podem se inscrever por meio do portal: http://desafiouniversitarioempreendedor.sebrae.com.br/

Conversamos com a aluna semifinalista, que contou um pouco mais sobre a experiência de participação nas provas.

Confira a entrevista:

  • UNDB: De que modo você se sentiu estimulada a participar de um desafio sobre empreendedorismo?

Dierdre Gama: Tive conhecimento do desafio por meio do professor Fabio Carvalho, que foi o meu orientador do desafio. O estímulo inicial partiu dele, que me disse que essa era uma ótima oportunidade de aprendizagem, quando poderia adquirir e/ou desenvolver características empreendedoras, além, é claro, de ter a oportunidade de aplicar boa parte dos conteúdos aprendidos em sala. Depois, busquei saber o que era esse desafio, li muita coisa a respeito e fiquei encantada com tudo o que ele podia agregar à minha profissão. Também tive total apoio e incentivo dos meus pais que, como disse uma das coordenadoras do Sebrae – MA, foi imprescindível para que eu chegasse entre os 36 melhores do estado.

  • UNDB: Como você avalia sua performance? Quais os ingredientes necessários para se chegar tão longe em uma competição nacional?

Dierdre Gama: Tendo em vista que foi a primeira vez que participei do desafio e que lá a maioria dos competidores já havia participado duas ou mais vezes, acho que fui muito bem. O desafio tem o objetivo de estimular o participante a desenvolver atitudes empreendedoras e durante o processo eu consegui absorver bastante conteúdo, desenvolver algumas dessas características, aprimorar as já existentes e, além disso, cumprir todas as atividades propostas com uma certa 'tranquilidade' sempre fazendo o link da situação proposta com os conceitos e situações-exemplo vistos em sala. Acho que os ingredientes principais que me fizeram ser uma semifinalista foi apoio, tanto dos meus professores quanto dos meus pais, dedicação total, empenho e amor pelo que eu estava fazendo e acho até que foi o maior de todos eles, o meu amor pela administração e todos os ramos que ela me possibilita trabalhar.

  • UNDB: De que forma o curso de Administração da UNDB tem apoiado a criatividade e empreendedorismo dos nossos alunos?

Dierdre Gama: O corpo docente para mim é a maior fonte de apoio dentro da instituição, ter professores completamente dispostos a tirar de mim o meu melhor é incrível. Também vale ressaltar que, o Show do Intervalo contribui bastante, porque em alguns minutos conhecemos histórias de empreendedores que muitas vezes começaram da mesma forma que a gente pode começar, muitos deles deixam a mensagem de que tudo começa a partir de uma ideia e que ser um empreendedor é acima de tudo ser aquele que vai produzir novas ideias a partir da criatividade. E, além desse projeto, é possível ainda ver um apoio que vem da metodologia de Case e Paper, que estimula o aluno a pensar fora da caixa, pensar como um empreendedor, como o gestor de uma empresa, e usar da criatividade para solucionar o problema daquela empresa.

  • UNDB: Empreender é o caminho para o profissional do futuro? É o que você deseja fazer após a conclusão dos estudos?

Dierdre Gama: A tendência é que os profissionais sejam cada vez mais independentes e trabalhem em projetos específicos sem vínculo efetivo com uma empresa. Dessa forma, acredito que sim, empreender é um caminho para o profissional do futuro, pois além de ser tendência, não existe só o empreender que é abrir um negócio e gerenciar, existe aquele empreendedor que é um funcionário e que empreende novos projetos dentro da sua empresa. Depois que eu terminar a faculdade, pretendo continuar estudando, para mim o bom profissional é aquele que sempre renova seus conhecimentos, que sempre busca desenvolver novas habilidades e fortalecer as que ele já tem. Mas, claro que eu tenho vontade de empreender, eu já tenho o projeto do meu próprio negócio em andamento e, após a faculdade, vou continuar a geri-lo da melhor maneira possível.


Trabalhe na UNDB - Ouvidoria

Av. Colares Moreira, 443, Renascença II
CEP 65075-441 - São Luís (MA) - Brasil - (98) 4009-7090
© UNDB. Todos os direitos reservados.