<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=503307386734427&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Por que aprender Psicologia?

Postado por Dennis Mantovani em 27-11-2018 9:30

Aprender Psicologia é mais do que ler Freud, Jung e Pavlov, entre tantas outras referências da área. É explorar a mente humana em todas as suas nuances, compreender como pensamento e ação influenciam no cotidiano das pessoas.Ficou interessado? Então siga com leitura o descubra por que Psicologia pode ser a carreira ideal para você!

psicologia e suas facetas

Aquisição de conhecimento

É claro que podemos aprender em casa, lendo livros sobre Psicologia. Mas nada melhor do que ter um professor para orientar seus estudos, esclarecer dúvidas e ajudá-lo em seu caminho pelo conhecimento.

Aprender Psicologia exige um preparo teórico amplo, pois nem sempre você consegue compreender sozinho o que os grandes psicólogos da história queriam dizer. Um professor qualificado certamente poderá ajudá-lo nessa missão.

Proximidade com outras áreas de conhecimento

A Psicologia está em tudo: na Administração, no Marketing, na Publicidade, até na Engenharia. Nesse sentido, aprender Psicologia pode ajudá-lo em outros campos de conhecimento e até abrir portas para que você se torne um profissional melhor em outra área.

Profissionais de Recursos Humanos, por exemplo, fazem uso da Psicologia nas organizações para melhor compreender as necessidades dos colaboradores e assim criar políticas de RH mais condizentes com o contexto da empresa. Isso faz da Psicologia uma excelente opção de segunda graduação para quem já atua no mercado de trabalho.

Vários campos de atuação

A grade curricular de Psicologia compreende uma série de disciplinas que permitem ao estudante ter contato com diversas vertentes da profissão. É o caso das matérias de Psicologia Clínica, Psicologia do Esporte, Psicologia Social e Psicologia do Trabalho. Também há Psicologia da Educação, Psicologia Jurídica e Psicofarmacologia, entre outras.

Como você pode ver, existe um verdadeiro universo de oportunidades de atuação profissional para quem faz Psicologia.

Possibilidade de pesquisa

Muitos psicólogos permanecem nas universidades e tornam-se pesquisadores do comportamento humano, contribuindo para que as teorias já existentes sejam aprimoradas e também a fim de desenvolver novas teorias.

É a atividade do pesquisador que leva a novos tratamentos e novas abordagens no campo da Psicologia, contribuindo cada vez mais para o bem-estar da sociedade.

A parte boa da pesquisa é que você não precisa esperar a formatura para iniciar sua carreira. É possível participar de programas de iniciação científica da própria faculdade, contando com o apoio de professores-pesquisadores para o seu início nessa trajetória.

Contribuir para o bem-estar das pessoas

O psicólogo é considerado um profissional da saúde, pois atua diretamente no bem-estar físico e mental de seus pacientes. Aprender Psicologia lhe dá os conhecimentos e ferramentas necessários para auxiliar pessoas debilitadas mentalmente, que sofrem de ansiedade, estresse e doenças mentais, por exemplo.

Atuando como psicólogo, você pode melhorar a qualidade de vida de dezenas de crianças que sofrem bullying na escola, melhorar o relacionamento entre casais, auxiliar profissionais a se darem bem em suas carreiras e ajudar dependentes químicos a se recuperarem.

Já pensou em ter uma profissão dessas? Quantos benefícios você poderia trazer ao mundo ao aprender Psicologia, não é? Então aproveite o embalo e saiba mais sobre a graduação em Psicologia da UNDB!

Leia também: Sempre quis saber tudo sobre Psicologia? Chegou a hora!

UNDB

Tópicos: aprender psicologia

 

Os melhores se formam aqui!

Fundada em 2002, a Unidade de Ensino Superior Dom Bosco nasce com o propósito de formar profissionais competentes e socialmente responsáveis.

Colecionamos selos de qualidade em todos os cursos, notas máximas no ENADE e reconhecimento por conselhos de classes profissionais são uma constante na UNDB.

Inscreva-se para receber novidades!

Postagens recentes